Obras avançam em viaduto da avenida Brasil

Parte do Ribeirão Mobilidade, Viaduto sobre a Thomaz Alberto Whately beneficiará trânsito da região Norte da cidade

3 minutos de leitura
Divulgação

Após ser retomada no mês de maio, a obra de implantação do viaduto na avenida Brasil sobre a Thomaz Alberto Whately, que pertence ao programa Ribeirão Mobilidade, chama a atenção de quem passa pela região Norte da cidade. O valor total que será investido no viaduto é de R$ 19.441.235,95.

Nesta semana, começou a ser montado o cimbramento metálico para o escoramento da laje em concreto (que permite suportar o peso do concreto e transmiti-lo ao chão, além de manter a movimentação dos operários). Também está sendo feito os muros em terra armada, para a construção dos acessos ao viaduto.

Com nove metros de altura em seu ponto mais alto e 110 metros de extensão, serão construídos dez tubulões em concreto, com 12 metros de profundidade, para receber toda a estrutura do viaduto, que contempla 30 mil m² de pavimentação, 200 toneladas de aço, 1,5 quilômetro de drenagem e dez mil m³ de aterro.

Essa obra se interliga diretamente ao viaduto que está sendo construído na avenida Brasil sobre a Mogiana, por cima daquela rotatória, passando pelo alargamento da ponte sobre a linha férrea.

Com a conclusão do viaduto, deixa de existir a rotatória que interligava as avenidas e que atualmente, nos horários de pico, causa um fluxo intenso naquela região, com o deslocamento de cerca de seis mil veículos por hora e mais de 50 ônibus do transporte público.

A obra irá beneficiar os moradores dos bairros Ribeirão Verde, Jardim. Aeroporto, Avelino Palma, Adelino Simioni, Heitor Rigon, Distrito Empresarial, Quintino Facci I e II, Tanquinho, Vila Elisa, Vila Brasil e os passageiros do Aeroporto Leite Lopes.

Programa Ribeirão Mobilidade

A Prefeitura conta com mais de 30 projetos de intervenção viária planejadas para garantir mais acessibilidade, segurança no trânsito e qualidade de vida à população de Ribeirão Preto, além de diversas frentes de recapeamento asfáltico. O investimento total se aproxima dos R$ 500 milhões.

Entre as obras já entregues estão o corredor de ônibus da avenida do Café, duplicação das avenidas Antônia Mugnatto Marincek e Adelmo Perdizza, adequação viária na rotatória das avenidas Nove de Julho, Portugal e Antônio Diederichsen, ampliação da avenida Coronel Fernando Ferreira Leite, viaduto Profissionais da Saúde, entre outras intervenções.

Ao todo, serão implantados 11 corredores de ônibus em Ribeirão Preto, num total de 56 quilômetros percorrendo as principais avenidas do município, além de pontes, túneis e viadutos que irão proporcionar maior conforto a 4.154.118 usuários do transporte público.

Fabio Benedicto

Jornalista, fotógrafo colaborador do Jornal Folha de Ribeirão Preto, um dos principais jornalista do portal, levando a melhor informação.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Mais recente a partir de Blog